Culinária árabe também é cultura!

salamaleque valeria arbex foto: divulgação

 

Se você é descendente de sírios, libaneses, palestinos ou tem interesse pela cultura árabe você vai se emocionar com a peça teatral “Salamaleque” .  Na verdade, o que acontece na sala teatral é um encontro com a atriz Valéria Arbex que compartilha com seus convidados histórias, costumes, lembranças …enquanto prepara um banquete árabe. No final do espetáculo, o público é convidado a degustar os sabores da culinária árabe. Assistir a este monólogo, que nasceu das 68 cartas trocadas entre seus avós Nadine e Nicolau,  é como se você estivesse na cozinha da casa da avó.

Entre as delícias que podem ser provadas estão o pão sírio com zaatar (condimento típico do oriente), babaganuche (pasta de berinjela), homus (pasta de grão de bico), coalhada seca, goma árabe com amêndoas (doce gelatinoso) e água aromatizada com romã, miski e hortelã.

Serviço
O quê: Salamaleque (60 min)

Quando: até o dia 26 de abril, sábados e domingo, às 16h

Onde: Instituto Cultural Capobianco

Endereço: Rua Alvaro de Carvalho, 97, Centro

Telefone: 11 97499.4243

Ingresso: gratuito (melhor retirar 1h antes)

 

Se você não conseguiu participar deste encontro venha matar a vontade dessas delícias no Restaurante Abu-Zuz.

Visite nosso site.

Curta nossa fan Page.

Siga-nos no Twitter e no Instagram (@restauranteabuzuz)

Anúncios

Reuniões e encontros no café da manhã

Restaurante Abuzuz

Muitas empresas estão optando por reuniões no café da manhã, pois este é um bom momento para uma conversa já que todos estão mais descansados e ainda não absorveram as demandas do dia. Pensando nisso o Restaurante Abuzuz está disponibilizando o seu salão para grupos de até 30 pessoas, de segunda a sábado, das 10h às 12 horas. Assim se você quiser reunir a sua equipe, promover a integração entre os colaboradores e melhorar o relacionamento entre os funcionários essa é uma boa pedida.

Para este evento é servido alimentos típicos da culinária árabe como: pequenas esfihas de  queijo  e zaatar , pão , queijo branco, coalhada seca, homus e babaganuj, ful mudamas (sopa de fava e grão de bico) com Kabis (prato composto por conservas diversas) e ovos com linguiça. Nas bebidas estão inclusos chá, água e suco natural. O doce mais indicado para essa ocasião é o knefe bi jobin (doce de queijo), servido quente, regado com calda ao perfume de água de flor de laranjeira.

Organizamos tudo para a realização do seu evento. Faça sua reserva: (11) 3315-9694

Visite nosso site.

Curta nossa fan Page.

Siga-nos no Twitter e no Instagram (@restauranteabuzuz)

 

Esfiha de Zatar!

Esfiha Zatar

A maioria de nós conhece (e adora) as esfihas mais comuns: de carne, queijo, calabresa, escarola. Quando elas estão ali expostas na vitrine, dá água na boca.

Mas do que é feita aquela esfiha que tem um recheio diferente? Mais escuro. Só nos verdadeiros restaurantes árabes você vai encontrar a tradicional esfiha de zatar (ou za’atar, zaatar, zattar).

O zatar é um tempero muito parecido com o tomilho, no sabor, e é composto por pimenta, sumagre e gergelim e alfafa. O sabor é forte e picante.

No Líbano e na Síria, é comum as pessoas misturarem zatar e azeite em uma tigela e molharem pão, um petisco típico do café da manhã. E é por isso que no Restaurante Abu-Zuz, a esfiha de zatar é servida até às 11h, com uma rodela de tomate e um fio de azeite.

Se você adora explorar novos paladares, experimente!

Visite nosso site.

Curta nossa fan Page.

Siga-nos no Twitter e no Instagram (@restauranteabuzuz)

 

Conheça o sabor intenso do Zatar

Imagem

A maioria de nós conhece (e adora) as esfihas mais comuns: de carne, queijo, calabresa, escarola. Quando elas estão ali expostas na vitrine, dá água na boca.

Mas do que é feita aquela esfiha que tem um recheio diferente? Mais escuro. Só nos verdadeiros restaurantes árabes você vai encontrar a tradicional esfiha de zatar (ou za’atar, zaatar, zattar).

O zatar é um tempero muito parecido com o tomilho, no sabor, e é composto por pimenta, sumagre e gergelim e alfafa. O sabor é forte e picante.

No Líbano e na Síria, é comum as pessoas misturarem zatar e azeite em uma tigela e molharem pão, um petisco típico do café da manhã. E é por isso que no Restaurante Abu-Zuz, a esfiha de zatar é servida até às 11h, com uma rodela de tomate e um fio de azeite.

Se você adora explorar novos paladares, experimente!

Imagem

Visite nosso site.

Curta nossa fan Page.

Siga-nos no Twitter e no Instagram (@restauranteabuzuz)