Reuniões e encontros no café da manhã

Restaurante Abuzuz

Muitas empresas estão optando por reuniões no café da manhã, pois este é um bom momento para uma conversa já que todos estão mais descansados e ainda não absorveram as demandas do dia. Pensando nisso o Restaurante Abuzuz está disponibilizando o seu salão para grupos de até 30 pessoas, de segunda a sábado, das 10h às 12 horas. Assim se você quiser reunir a sua equipe, promover a integração entre os colaboradores e melhorar o relacionamento entre os funcionários essa é uma boa pedida.

Para este evento é servido alimentos típicos da culinária árabe como: pequenas esfihas de  queijo  e zaatar , pão , queijo branco, coalhada seca, homus e babaganuj, ful mudamas (sopa de fava e grão de bico) com Kabis (prato composto por conservas diversas) e ovos com linguiça. Nas bebidas estão inclusos chá, água e suco natural. O doce mais indicado para essa ocasião é o knefe bi jobin (doce de queijo), servido quente, regado com calda ao perfume de água de flor de laranjeira.

Organizamos tudo para a realização do seu evento. Faça sua reserva: (11) 3315-9694

Visite nosso site.

Curta nossa fan Page.

Siga-nos no Twitter e no Instagram (@restauranteabuzuz)

 

Anúncios

Texto publicado na Folha de São Paulo no caderno Comida

O FAMINTO

Comida sem frescura

Novas delícias em velhos lugares

ANDRÉ BARCINSKI

Espero que o sanduíche de miolo não fique com ciúme, mas a linguiça síria com ovo virou minha favorita

Descobrir novos restaurantes é um dos grandes prazeres da vida. Nada como achar um lugar novo e inexplorado, daqueles que você conta aos amigos com entusiasmo e vira freguês.

Quase tão bom é descobrir pratos em restaurantes que você já conhece. A reação é sempre a mesma: “Por que nunca pedi isso antes?”.

Experimentei uma dessas descobertas há poucas semanas, quando retornei ao Abu-Zuz (r. Miller, 622, Brás, tel. 11/xx/3315-9694), um de meus restaurantes libaneses prediletos em São Paulo.

Localizado no Brás, o Abu-Zuz só abre para almoço e serve uma iguaria capaz de me fazer correr ao bairro sem me importar com a distância: o sanduíche de miolo. Trata-se de um shawarma de pão sírio com miolo cozido, salsinha, pasta de alho, pepino em conserva e tomate. Custa R$ 12 e vale um almoço.

Para o cliente, o problema de ter uma opção tão tentadora no cardápio, especialmente uma com miolo, item cada vez mais raro na cidade, é que você acaba não testando o

resto dos pratos. Por sorte, o amigo com quem fui ao Abu-Zuz pediu um prato inédito para mim: a linguiça síria com ovo.

Espero que o sanduíche de miolo não fique com ciúme, mas esse prato virou meu favorito. Vem numa travessa estalando, serve duas pessoas e custa R$ 30 (ou R$ 19 a porção individual). Experimente comer os ovos com linguiça em cima de um pão sírio crocante, com azeite. Uma delícia.

Para quem vai ao Abu-Zuz pela primeira vez, sugiro ir aos sábados, quando o movimento é mais tranquilo, e as famílias libanesas matam a saudade da comida da terrinha. Em dias de semana, o local fica lotado de gente comendo quibes e esfihas, sempre ótimos.

No sábado em que fui, um dos donos do Abu-Zuz, o simpático sr. Pierre, conversava com uma família numerosa, que contava com várias gerações de famintos, de crianças a idosos que pareciam ter mais de 90 anos. Um clima muito hospitaleiro e familiar.